No próximo domingo vamos todos participar de uma caminhada a partir das 8h30 na avenida Beira-Mar em memória dos policiais militares e civis mortos no ano passado e no início deste ano. Vamos todos de preto mostrar nossa indignação frente à violência que massacra as famílias do nosso Estado.

Somente no ano passado 14 policiais militares e civis foram assassinados no Ceará. Perdemos o soldado Hudson já no início de janeiro e é pela memória destes guerreiros que a sociedade civil organizada preparou esta caminhada. Uma resposta a uma parcela da sociedade que não vê os policiais, que saem de suas casas para defender desconhecidos em sua maioria, como detentores de melhores condições de trabalho e reconhecimento. A esposa do soldado Hudson não recebeu a visita de nenhuma comissão de direitos humanos, igualmente não compareceram ao velório do policial. Seria uma ação simples, que representaria muito à família e os profissionais como um todo.

Agradecemos desde já a toda organização da caminhada, realizada pela sociedade civil, no apoio aos familiares e amigos dos policiais. Todos juntos no próximo domingo a partir das 8h30 em frente ao Boteco, na Praia de Iracema.

 

Deixe seu comentário