lutopmEm menos de duas semanas a Polícia Militar perdeu dois de seus guerreiros. Na manhã desta terça, 19, o subtenente Benedito Gomes Assunção, 53, em Juazeiro do Norte, foi morto de forma covarde por dois homens. O militar estava em uma moto quando foi atingido, vindo a falecer no local.
A dupla foi pega por uma equipe do Raio e, no momento da abordagem, entregou-se, jogando fora a arma. Os dois disseram que uma discussão de trânsito, um motivo fútil, teria motivado o crime. Ficam aqui nossos pêsames à família do subtenente, seus amigos, e nossa indignação com tamanho descaso com a vida. O subtenente ingressou na Polícia Militar em 15 de julho de 1985, e era lotado na 5 cia do 2 BPM, no Crato.
No dia 7 de janeiro o soldado Hudson levou um tiro em serviço, quando a composição em que ele estava foi atender a uma ocorrência de rouba a uma fazenda em Jaguaretama. O militar levou um tiro, foi socorrido mas veio a falecer no dia 9 de janeiro.
Em 2015 foram 14 policiais militares e civis assassinados no Estado. Nos 20 primeiros dias deste ano já perdemos dois combatentes.
Parte da sociedade que reconhece nosso empenho realizou uma passeata lembrando as mortes dos policiais na avenida Beira-Mar, no último dia 8. A comissão de direitos humanos não apareceu nem visitando os familiares do Hudson, nem participando da passeata. Fica aqui nossa indignação.

Deixe seu comentário