O associado da Associação dos Profissionais da Segurança (APS), Adiondas Barbosa, solicitou ao Instituto de Saúde do Servidores do Estado do Ceará (ISSEC) uma cirurgia refrativa urgente, já que possui alto grau de miopia e de astigmatismo.

Sabe-se que o ISSEC deve prestar aos seus beneficiários assistência médica, hospitalar, odontológica e complementar de saúde, mas não é isso que acontece, pois o instituto não recebe a verba necessária para a sua manutenção. Portanto, o advogado APS, Marcus Luna, conseguiu tutela de urgência para a realização do procedimento, tendo em vista que o associado está com uma baixa porcentagem de sua visão.

Mais uma vitória, mais uma causa ganha e mais um associado satisfeito!

#APS4anos #APSLuta #APSSomosTodosNós

 

Deixe seu comentário