Já imaginou ser promovido, por mérito próprio, e não receber a mais por isso? É possível! Tal fato está acontecendo com policiais militares e servidores civis. Eles foram promovidos esse ano, mas só receberão o aumento de direito no ano de 2018. O Governo do Estado surpreendeu a todos com uma resolução, publicada no dia 10 de outubro, que proíbe o aumento do salário em casos de promoções. 
Tendo isso em vista, o Soldado Noelio, junto com o advogado da Associação dos Profissionais da Segurança (APS), Cristiano Queiroz, foi até a Secretaria do Planejamento e Gestão (SEPLAG) para buscar mais informações sobre o caso. No local foram informados que mesmo os que foram promovidos antes da publicação resolução também só receberam o aumento no ano seguinte. Eles alegam que é uma questão de controle fiscal, falta de verba, mas sabemos que o governo enviou à Assembleia Legislativa milhões em verba pública para entidades e eventos privados. Enquanto isso o servidor é que é prejudicado pela tamanha irresponsabilidade e má gestão. 
O setor jurídico da APS está em busca de uma solução viável para todos os associados penalizados. 

Deixe seu comentário