Um grupo de subtenentes foi promovido através da requerida para tenentes e já estão na reserva. A ação foi publicada em Diário Oficial, mas eles ainda estão recebendo como subtenente, inclusive já tiveram alguns benefícios retirados como: auxílio-alimentação, gratificações entre outros. Porém, o benefício que deveria ser colocado no salário deles, que é o salário de tenente, não segue a mesma eficiência.

O Governo do Estado para retirar benefício trabalha com rapidez, mas para anexar o salário não segue a mesma linha. O pior é que a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) informou que não tem planejamento orçamentário para dar aos profissionais o salário de tenentes.

Por que o Governo do Estado dá a promoção e não dialoga com a secretaria para saber se existe condições para esse pagamento? Como ficarão os nossos tenentes, que por direito necessitam desse salário já que suas gratificações foram cortadas? Mais uma vez o Governo promove uma ação única e exclusivamente para gerar visibilidade gratuita, mas de fato a promoção não acontece!

Na busca pelos direitos dos nossos associados, a APS enviou ofício para a Seplag solicitando máxima urgência nesse caso. Estamos vigilantes e atentos para que a situação seja resolvida, e não passe apenas de mais uma solenidade sem benefícios de fato.

Deixe seu comentário