Mais uma vez a nova gestão da Controladoria Geral de Disciplina (CGD) dá sinais de que órgão está disposto a corrigir injustiças. Na última terça-feira (12) foi divulgado no Diário Oficial do Estado o arquivamento dos processos abertos contra oficiais da PM que durante a campanha eleitoral de 2014 participaram  da gravação de um vídeo e declararam apoio aos então candidatos Deputado Estadual Capitão Wagner e Deputado Federal Cabo Sabino. Após a veiculação do vídeo, uma atitude típica da gestão Cid Gomes veio à tona, a CGD abriu, em outubro de 2014, processo para apurar a responsabilidade disciplinar com relação a atitude dos militares, que por sinal participaram da gravação em um dia de folga e sem o fardamento.

Mais uma vez a nova controladora geral de disciplina, Dra. Socorro França, cumpre o compromisso com os militares ao julgar o caso em conformidade com os princípios constitucionais brasileiros, e após a análise do vídeo e outros pareceres decidiu arquivar os processos contra os oficiais “pela inexistência de indícios de crime militar”,  e por considerar que as condutas dos  militares não trouxeram prejuízos ao bom andamento do pleito eleitoral de 2014, tampouco afetaram a isonomia entre os candidatos.

A APS agradece e parabeniza a Dra. Socorro França pela forma como vem conduzindo a gestão da CGD.  “Nossa expectativa é que a justiça continue a prevalecer nas decisões tomadas pela CGD. Com isso muitas injustiças realizadas durante a gestão Cid Gomes serão corrigidas”, diz o presidente da APS, Cabo Reginauro Sousa.

Confira a publicação no Diário Oficial

decisao_cgd

Deixe seu comentário