Cumprindo agenda no Rio de Janeiro, o deputado estadual Capitão Wagner (PR) esteve em reunião com o presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro (SSDPF/RJ), Luiz Carlos Cavalcante e com a agente da Polícia Federal há 8 anos, e ex-membro da diretoria da Fenapef, Lilia Vogel.

O encontro teve como pauta principal a criação do Comitê de Direitos Humanos para Policiais em todo o Brasil. O comitê terá como pilar a salvaguarda de todo e qualquer direito cerceado do policial, que seja inerente a sua função de profissional de segurança pública e a sua condição de pessoa humana que serve e protege a sociedade.

A criação do comitê tem como objetivo a defesa do policial em todo o território nacional, que pela primeira vez, terá vez e credibilidade, antes de ser julgado como culpado pelo simples fato de ser policial. Na oportunidade, foram discutidos temas ligados às condições de trabalho, habitação e representação política. O SSDPF/RJ está disposto a apoiar todos os profissionais de segurança do Brasil, em todas as causas.

A Associação dos Profissionais da Segurança (APS) parabeniza o parlamentar pela excelente iniciativa, pois a sociedade necessita conhecer a importância da polícia. A violência no Brasil tem índices alarmantes e o efetivo é reduzido para atendê-la, o que implica que o policial rotineiramente tem que cumprir jornada de trabalho extraordinária, trabalhando sem o repouso e compensação orgânica necessários à sua saúde. Que a ação ponha fim à prática de promover acusações sensacionalistas, que não levam em conta a complexidade e a natureza técnica da atividade policial.

> Saiba mais: COOPERATIVA HABITACIONAL FACILITA REALIZAÇÃO DO SONHO DA CASA PRÓPRIA

Deixe seu comentário