As entidades que representam os policiais e bombeiros militares do Estado protocolaram uma reunião diretamente com o governador Camilo Santana. A Associação dos Profissionais da Segurança (APS), Associação dos Cabos e Soldados Militares do Ceará (ACSMCE), Associação dos Oficiais do Ceará (ASSOF) e Associação dos Praças Militares do Ceará (Aspramece) que, juntas, representam quase a totalidade dos efetivos dos policiais e bombeiros militares do Estado protocolaram juntas serem ouvidas pelo chefe do executivo.

Ao assumir a gestão o governador Camilo Santana disse que cuidaria pessoalmente da pasta da segurança pública do Ceará. Passado quase um ano, muitos dos acordos postos nas diretrizes para elaboração de seu plano de governo não foram postos em prática. Entre eles a almejada implementação de valorização salarial com a média salarial dos militares dos policiais e bombeiros militares da região Nordeste.

A implementação da média constitui-se, além do cumprimento de demandas constantes do plano de governo, uma motivação para homens e mulheres que cotidianamente procuram, muitas vezes em vão, deixar os problemas financeiros do lar para combater assaltantes, homicidas, traficantes, apagar focos de incêndio e realizar salvamentos os mais diversos. Esperamos que o governador Camilo Santana em breve retorne com uma data para esta importante reunião, que representa uma valorização de toda uma categoria.

Deixe seu comentário