Na tarde desta terça (06), uma comitiva da Associação dos Profissionais da Segurança (APS) esteve em reunião no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Ceará com o comandante geral, coronel Ronaldo Viana e com o comandante geral adjunto, coronel Adriano. A comitiva da APS foi formada pelo presidente, Sargento Reginauro Sousa, o vice-presidente, Rafael Lima, o diretor de comunicação, Daniel Marques e pelo coordenador jurídico, Victor Torres.

Entre as pautas, destaque para a cobrança das novas pistolas e coletes, ajustes nas promoções deste ano, solicitação de promoção por bravura para os policiais de Quixadá que estavam na ocorrência onde foram mortos três policiais, a falta de estrutura do 8º Batalhão que está sendo usada por um órgão governamental para arquivo morto sem espaço os alojamentos dos policiais e a questão da escolta de menores da 2ª Cia do 1º Batalhão, de Aracati para Fortaleza, em que os policiais têm que fazer com apenas um policial.

Com relação as novas pistolas, coronel Viana informou que em 60 dias as armas chegarão para serem acauteladas para toda a Polícia Militar. Segundo ele, na primeira remessa nem todos serão contemplados, mas a intenção é que no segundo momento todos sejam. As armas longas estão nessa previsão e serão distribuídas tanto para o Interior do Ceará, como também para o BPRaio e Força Tática. Os coletes já estão sendo providenciados. Em se tratando da promoção por bravura, o comandante informou que irá averiguar o parecer da comissão. Para as promoções de 2018, coronel Viana informou que já está resolvendo os entraves.

Sobre o 8º Batalhão, o coronel Viana informou que irá verificar as condições do local e tomar as medidas cabíveis. Em se tratando da escolta de menores feita apenas por um policial em Aracati, o comandante disse que o tipo de ação é inadmissível e que irá cobrar no mínimo dois policiais nessa ação.

A APS estará atenta às solicitações e prazos combinados com o Comando da PMCE e estaremos vigilantes, na busca por uma melhor Segurança Pública no Ceará.

 

  • Confira outras reivindicações que a APS solicita em prol dos associados:

APS E SOLDADO NOÉLIO VISITAM UNIDADES PRISIONAIS NESTA TERÇA-FEIRA (6)
APS QUESTIONA A LEGALIDADE DA CGD

APS SOLICITA MELHORES INSTALAÇÕES PARA OS PROFISSIONAIS QUE IRÃO ATUAR NA OPERAÇÃO CARNAVAL

APS SOLICITA EM REUNIÃO PISTOLAS E COLETES AO COMANDO DA POLÍCIA MILITAR

 

Deixe seu comentário