Nesta quinta-feira (05/10), a partir das 14h, acontece audiência pública, na Assembleia Legislativa, com o objetivo de debater os altos índices de assassinatos dos profissionais de Segurança Pública no Ceará. O evento contará com a presença do presidente da Associação dos Profissionais da Segurança (APS), Sargento Reginauro Sousa, fazendo parte da mesa de discussão.

O evento é uma iniciativa do deputado federal Cabo Sabino (PR), que é também coordenador da Bancada do Ceará e presidente da Comissão Externa, destinada a estudar o aumento do número de assassinatos destes profissionais em todo o Brasil. Até o momento, 25 agentes foram assassinados só em 2017. No Brasil, até setembro, mais 400 profissionais da Segurança Pública tiveram suas vidas ceifadas.

O intuito é apresentar os crescentes números de casos do Ceará, bem como do País, e discutir alternativas eficazes de combate aos crimes. “Na Colômbia, um país que vive em guerra, 212 profissionais foram assassinados no período de um ano. No Brasil, se contabiliza mais de 400 mortes só este ano”, frisa Cabo Sabino, pontuando a importância de um estudo, para tentar descobrir as principais causas do elevado número de mortes, bem como as reais circunstâncias que estes profissionais enfrentam e que os fazem vítimas a todo instante.

Mais informações:

Audiência pública sobre as mortes dos profissionais de Segurança Pública

Data: 05/10/2017

Local: Assembleia Legislava do Estado do Ceará – Auditórios 1 e 3 – Deputados Castelo de Castro e Manoel de Castro

Horário: 14 horas

Deixe seu comentário