No próximo dia 6 de outubro acontece a votação para o Quadriênio 2017 – 2021 da Associação dos Profissionais da Segurança. A chapa única tem como integrantes boa parte da 1ª diretoria da APS e seus fundadores originais.
Com o fim da Aprospec, os fundadores da APS tiveram como grande responsabilidade erguer uma nova associação representativa para os militares estaduais. Entre os desafios, era necessário oferecer uma maior assistência. A partir daí que a APS nasceu praticamente do zero. No início, a associação passou três meses com o setor jurídico sem remuneração. As despesas mais básicas eram custeadas pelo, à época, vereador Capitão Wagner, algo que foi de extrema importância.
No mesmo período, a APS passou a prestar assistência também em situações que os agentes de segurança precisassem de ajuda do Estado e não conseguiam resolver. O perfil assistencialista ganhou maior foco e repercussão. Com alguns meses de funcionamento, a APS começou a ampliar seu setor jurídico nas cidades do Interior do Ceará e na Capital.
Atualmente, a APS tem 27 advogados dando maior apoio aos seus associados. De 2015 a 2017, de abril a julho deste ano, houve um crescimento do atendimento jurídico em 241%, mostrando assim confiança e credibilidade no trabalho da associação. Hoje, o setor jurídico tem inúmeras vitórias a comemorar e a tendência é de uma maior expansão. Contamos ainda com seguro de vida, auxílio funeral e convênios com diversas empresas e prestadores de serviço, fazendo com que estar filiado à APS seja cada vez mais vantajoso aos agentes de segurança.
Com 4 anos de existência, a APS conta com mais de 7 mil associados, que são parceiros na busca por melhores condições de trabalho para os agentes da Segurança Pública do Estado do Ceará.
Hoje contamos com um setor psicológico que atende na sede de Fortaleza e em Quixadá, onde oferece ajuda psicossocial para os profissionais que necessitam de uma orientação na área. Débora Tonet com mais de 20 anos de experiência no setor psicológico da Policia Militar hoje faz parte da equipe da APS.
Para os próximos meses, a APS já está com três projetos em andamento: abertura do Hotel de Trânsito, a compra de uma sede e a ampliação dos serviços, tudo pensando exclusivamente no bem-estar e melhorias para seus associados. Hoje somos a 2ª associação (estadual) com maior número de associados e estamos em franca ascensão.
A APS é uma associação guerreira, que não foge à luta e anda lado a lado com os profissionais de Segurança Pública do Ceará. Ganhamos respeito na área por uma atuação focada nos interesses da categoria!

Deixe seu comentário