Na manhã desta quinta (25), o presidente da Associação dos Profissionais da Segurança (APS), Sargento Reginauro Sousa, juntamente com a diretora da APS, Valdênia Oliveira e o vereador de Fortaleza, Soldado Noelio, estiveram em reunião na sede da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) com a secretaria da pasta, Socorro França.

Entre as pautas discutidas, destaque para a reforma das cadeias no Interior do Ceará, armamentos para os agentes penitenciários, chamada dos novos mil agentes do último concurso público, cadastro de reserva, dificuldade de pagamento de adicional noturno, estabilidade de agentes após 3 anos de atuação, inclusão dos filhos dos agentes na lista de dependentes nos Colégios da Polícia Militar e dos Bombeiros e a melhoria salarial dos agentes mais antigos.

Segundo Socorro França as reformas estão dependendo apenas da regularização das documentações. Já os armamentos o processo de licitação já foi concluído e já teve liberação do Exército e de posse da Sejus, faltando apenas à liberação para os agentes. Com relação a chamada dos novos agentes, a secretaria informou que acontecerá até o mês de maio, e a mesma reforçou que irá trabalhar para que seja chamado todo o cadastro de reserva.

Ao tratar da dificuldade de pagamento do adicional noturno, Socorro informou que entrou em contato com a Secretaria do Planejamento e Gestão e Procuradoria-Geral do Estado do Ceará, para que haja um parecer jurídico o mais rápido possível. Com relação a estabilidade dos agentes que estão atuando há mais de três anos, a secretaria informou que a solenidade acontecerá no mês de fevereiro.

Com relação a facilitar o ingresso dos filhos dos agentes nos Colégios da PMCE e do CBMCE, Socorro ficou de dar um retorno sobre essa pauta o mais breve possível. Para finalizar, a secretaria disse que iria se empenhar ao máximo para conseguir a melhoria salarial dos agentes dos agentes mais antigos. A APS ficará atenta às pautas e serão cobradas nos próximos meses.

Deixe seu comentário